Alertas da Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração Nacional, preveniram, nesta sexta-feira (9/09), as defesas civis do Paraná e de Santa Catarina sobre a possível ocorrência, neste fim de semana, nos dois Estados, de chuvas fortes, raios e ventos com até 75 quilômetros por hora (km/h), queda de granizo em áreas localizadas e sobre a previsão baixas temperaturas para a segunda-feira.

Na costa catarinense, no domingo e na segunda-feira, é provável que o mar esteja agitado, com condições de navegabilidade que implicam riscos para ocupantes de barcos pequenos e médios.

Em Santa Catarina, todas as regiões estarão sujeitas, durante o sábado e o domingo, à ocorrência de temporais e à queda de granizo em áreas isoladas, especialmente o oeste o litoral. A meteorologia indica também que, no Estado, entre os dias 10 e 11, o total de chuva acumulada no período de 24 horas poderá superar os 150 milímetros (mm) – as médias históricas para todo o mês de setembro variam entre 100 mm a 200 mm.

Para o Paraná, durante o fim de semana, a previsão é chuvas fortes, com raios e ventos de até 75 km/h no oeste, no sudeste, no centro e no sul e queda de granizo em áreas isoladas dessas regiões.

Na segunda-feira, os moradores das regiões de maior altitude de Santa Catarina poderão conviver com temperaturas entre 1 grau Celsius (ºC) e 3ºC, enquanto nas demais áreas os termômetros deverão marcar mínimas entre 5ºC a 10ºC. No municípios que estão nas partes mais altas do Paraná, é provável que o frio seja de 1ºC a 4ºC, e, no restante do Estado a previsão é de os habitantes enfrentem mínimas de 6ºC a 11ºC.

Os ventos do quadrante sul poderão provocar sensação térmica de temperaturas ainda mais baixas. A Sedec recomenda aos órgãos estaduais de defesa civil que cuidem de abrigar os moradores de rua do frio intenso.

Nas regiões sob temporais, a intensa precipitação pluvial torna maior o risco de alagamentos, deslizamentos de terra e escorregamentos de pedras. Os habitantes das áreas sujeitas à chuva forte devem evitar a permanência em zonas ribeirinhas, baixadas, encostas e morros e devem também desviar de terrenos desprotegidos dos raios e ventos fortes – rajadas com até 75 km/h agitam árvores inteiras e causam sensível resistência ao caminhar.

Para o domingo e a segunda-feira, a previsão de mar agitado na costa catarinense faz a Sedec desaconselhar o trânsito com pequenas e médias embarcações nessa parte do litoral.

As defesas civis estaduais podem orientar a precaução contra eventos meteorológicos potencialmente danosos. A Secretaria Nacional de Defesa Civil divulga alertas a fim de evitar a perda de vidas, danos ambientais e ao patrimônio e incentivar a adoção de medidas preventivas pela população e pelos governos estaduais e municipais.

 Informações do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (Cptec/Inpe) e do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) orientaram os avisos sobre temporais, queda de granizo, baixas temperaturas e mar agitado em Santa Catarina. A previsão para o Estado do Paraná têm a ver com dados do Cptec.