A degradação ambiental tem um impacto negativo direto na saúde e na qualidade de vida da população brasileira, apontam resultados preliminares de um relatório que será divulgado pelo Ministério do Meio Ambiente na Cúpula Mundial de Desenvolvimento Sustentável, em Johannesburgo, África do Sul, entre 26 de agosto e 4 de setembro.

O estudo, chamado de GEO Brasil por ter sido feito com a mesma metodologia do GEO mundial (sigla em inglês para Perspectivas Globais para o Meio Ambiente, da ONU), é o mais completo levantamento de dados ambientais do País e servirá de base para políticas públicas e estudos mundiais sobre o tema.