Brasília (AE) – O Departamento de Justiça dos Estados Unidos deu sinal verde para o governo brasileiro enviar a missão que investiga o esquema de movimentação de caixa dois do PT no exterior, inclusive o pagamento de dívidas de campanha ao publicitário Duda Mendonça. Integrada por delegados da Polícia Federal (PF) e membros do Ministério Público (MP), a missão seguirá no fim deste mês e terá a primeira reunião com procuradores do Estado de Nova York no dia 3.

A missão brasileira pediu às autoridades internacionais o rastreamento das movimentações da off-shore Dusseldorf, aberta por Duda nas Bahamas e contas das instituições financeiras que a abasteceram a partir dos Estados Unidos. Entre essas instituições, estão o MTB Bank, de Nova York, a operadora Trade Link, o Banco Rural Europa e o BankBoston. A devassa inclui também as contas pessoais de Duda e da sócia dele, Zilmar Fernandes. A visita da missão brasileira é amparada pelo acordo de cooperação jurídica e policial entre os dois países.