Brasília – O ministro da Fazenda, Antonio Palocci, deve depor amanhã (26), às 10 horas, na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Bingos. A informação é do presidente da CPI, senador Efraim Morais (PFL-PB).

Segundo o senador, como a ordem do dia do plenário do Senado está obstruída por duas medidas provisórias, não haverá problema com a antecipação do depoimento de Palocci para a parte da manhã. A princípio, o depoimento estava marcado para o período da tarde, depois das votações.

Efraim Morais disse que não há possibilidade de o depoimento de Palocci ser transferido para a próxima semana, porque o ministro já comunicou à CPI que, nesse período, viajará para a Rússia. "Deixar o depoimento para depois significaria esperar por um período muito longo, o que não seria bom", afirmou o senador.

Quanto à apresentação do relatório parcial sobre as investigações do contrato entre a Caixa Econômica Federal e a Gtech, empresa que opera o sistema de loterias da Caixa, que estava prevista para hoje, Efraim Morais informou que o relator, senador Garibaldi Alves (PMDB-RN), pediu que fosse adiada para sexta-feira (27), para que pudesse analisar melhor o assunto.