O deputado Leonardo Vilela (PSDB-GO) classificou hoje como "descabido" o apoio do governador de Mato Grosso, Blairo Maggi (PPS), à candidatura do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à reeleição. Segundo o deputado, Lula deve explicar ao País o "motivo dos resultados decrescentes das últimas safras".

O governador mato-grossense declarou apoio ao candidato petista na semana passada após se reunir com Lula e com a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, em Brasília. Na ocasião, Maggi também anunciou que o governo federal liberaria R$ 4 bilhões para apoiar o agronegócio. O deputado e o governador foram reeleitos.

O parlamentar acrescentou que o governo federal trata com "descaso" o setor agropecuário. "A crise que enfrentamos é conseqüência da desastrosa política econômica do governo Lula", ressaltou. Segundo ele, nos últimos dois anos, o governo fez com que a agricultura nacional acumulasse prejuízos superiores a R$ 30 bilhões.

Vilela contou que tem conversado com produtores de várias regiões sobre o apoio de Maggi ao presidente-candidato. "Os produtores estão indignados com a atitude do governador. Os produtores consideram o comportamento de Maggi um tanto oportunista, principalmente porque o apoio foi dado só depois de sua reeleição num Estado cujo agronegócio é um dos mais fortes do País", completou.