O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) multou em R$ 15,168 milhões a concessionária Rodonorte que explora 568 km de rodovias paranaenses. O valor é referente a 11 autos de infração que questionam a qualidade de conservação do pavimento das estradas sob administração da empresa.

A concessionária já havia sido advertida anteriormente pelo Departamento ” e, como não tomou as providências para corrigir os problemas apontados, decidimos impor essas multas”, destaca o diretor-geral do DER, Rogério Tizzot.

As irregulariedades foram detectadas após levantamentos dos engenheiros da Superintendência do DER de Ponta Grossa. ” Entre os defeitos estão trincas e buracos no pavimento e imperfeições que atingem o conforto e a segurança do usuário”, explica Tizzot.

Aditivos

O diretor afirma que esses problemas são reflexos do início do processo de concessões no Estado. ” Foi um processo que começou mau elaborado e foi deturpado ainda mais após os dois aditivos ao contrato que foram estabelecidos pelo Governo Lerner”.

No caso da Rodonorte algumas restaurações mais pesadas foram deslocadas para anos seguintes. ” Não podemos ser coniventes com essa situação em que os usuários estão pagando uma tarifa alta e estão sendo prejudicados ao trafegar por um pavimento com defeitos. É obrigação da empresa manter as rodovias em perfeitas condições de tráfego.”, reitera Tizzot.