Além da conclusão das obras de pavimentação do lote dois do Contorno Norte de Curitiba (PR-418), a recuperação dos outros dois segmentos já prontos promete acabar de vez com os transtornos sofridos pela população do bairro de Santa Felicidade, em Curitiba, e dos municípios vizinhos de Colombo e Almirante Tamandaré.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria dos Transportes e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), trabalha na recuperação da rodovia PR-418, entre a BR-277 e a Avenida Manoel Ribas e da Rodovia dos Minérios (PR-092) até a Rodovia da Uva (PR-417), que liga Colombo à Curitiba.

?Estão em recuperação, respectivamente, os lotes um e três do Contorno Norte, uma das obras viárias mais importantes do Estado. A conclusão da pavimentação do lote dois e as obras de melhoria nos trechos restantes devem beneficiar diretamente a população da capital paranaense e dos municípios vizinhos, além dos milhares de caminhoneiros e motoristas que utilizam o contorno?, explica o secretário dos Transportes, Waldyr Pugliesi.

De acordo com informações do DER, estão em fase de conclusão as obras do trecho de 5,08 quilômetros que liga a BR-277 à Avenida Manoel Ribas. ?Esse trecho está praticamente concluído, restando apenas a sinalização horizontal (pintura de faixas)?, informa o secretário.

A recuperação do trecho seguinte, da Rodovia dos Minérios à Rodovia da Uva, está em andamento, com trabalhos no pavimento existente. Técnicos do DER informam que basta cessar as chuvas para a finalização dos trabalhos de recuperação nos 7 quilômetros.

Pavimentação

A pavimentação do lote dois do Contorno Norte de Curitiba, da PR-090 à Rodovia dos Minérios, já foi finalizada. Segundo o secretário Pugliesi, apenas dois dias sem chuva são necessários para a conclusão dos últimos trabalhos de sinalização no trecho e a realização da inauguração oficial.

?De qualquer forma, o trânsito no local já está liberado, retirando boa parte dos caminhões que trafegavam nas ruas dos bairros?, afirma. Cálculos do DER apontam que cerca de 12 mil veículos devem deixar de passar diariamente por essas vias.

?As obras estão sendo realizadas totalmente com recursos do Estado?, informa Pugliesi. Foram empregados os recursos para pavimentar cerca de 2 quilômetros do trecho e a construção de mais 3 quilômetros que formam as alças na interseção com a PR-092.