Funcionários da prefeitura de Porto Alegre descobriram nesta quarta-feira (06) o trecho final do túnel que o Primeiro Comando da Capital (PCC) cavava em direção a agências do Banco do Estado do Rio Grande do Sul e da Caixa Econômica Federal no dia 1º de setembro. Na ocasião, a Polícia Federal prendeu 26 pessoas na capital gaúcha e o plano da facção criminosa foi desarticulado.

Os operários do Departamento Municipal de Água e Esgoto encontraram o buraco quando faziam serviços de manutenção na rede de água e esgoto. A área ficou isolada durante toda a manhã para inspeção. A perícia da Polícia Federal constatou que não estava diante de um segundo túnel ou de outro plano de assalto aos bancos, mas sim de um trecho não identificado do túnel anteriormente descoberto. A Polícia Federal já autorizou a prefeitura a tapar o buraco.