Em mensagem gravada, exibida hoje durante a homologação da candidatura de Jorge Bittar à prefeitura do Rio, o ministro da Casa Civil, José Dirceu, simplesmente ignorou as denúncias contra o ex-subchefe de Assuntos Parlamentares da Presidência da República, Waldomiro Diniz. Na declaração, o ministro afirmou que uma das provas de que o PT está mudando o Brasil é a inexistência de casos de corrupção envolvendo o governo desde a posse de Luiz Inácio Lula da Silva.

“Eu sei que todos que estão nesta convenção sabem que nós estamos mudando o Brasil. Primeiro porque acabou a corrupção no governo do Brasil. Depois de 16 meses de governo, não temos a notícia de um só ato de corrupção no governo. Mudamos o Brasil, porque garantimos as condições para a retomada do desenvolvimento”, frisou o ministro.

Dirceu observou que as experiências do PT nas prefeituras brasileiras são suficientes para mostrar que Jorge Bittar é capaz de fazer um bom governo no Rio. Ao citar as gestões municipais, destacou o caso de São Paulo. “Aí perto do Rio, temos o exemplo da prefeita Marta (Suplicy), que é um bom exemplo de governo a ser seguido”.

Durante a convenção, que reuniu cerca de mil pessoas na quadra da escola de samba Portela, em Madureira (zona norte), a tônica dos discursos de ministros e deputados que compareceram ao evento repetiu a linha de anúncios lançada pelo governo federal há poucos dias. A ordem foi afirmar que Lula só não conseguiu fazer mais pelo País até agora por causa da “herança maldita” da gestão de Fernando Henrique Cardoso.