Depois de dois dias, o dólar comercial voltou a fechar hoje abaixo de R$ 3 com o mercado animado por boas notícias sobre a economia do país e pelos rumores de novas captações de empresas brasileiras no mercado externo. No encerramento dos negócios desta quarta-feira, a moeda norte-americana foi vendida a R$ 2,942, com desvalorização de 2,74%. Esse é o seu menor valor em uma semana. Em um mês, o dólar acumula queda de 7,23%.

Entre os principais fatores que explicam a acentuada baixa de hoje, está o sucesso de uma rolagem de dívida cambial feita pelo Banco Central, a qual reforçou o bom humor que o mercado apresentava desde o início do expediente. Logo na abertura, a divulgação de que a inflação na cidade de São Paulo recuou para 0,57% em abril –menor taxa em 10 meses–, segundo o o IPC (Índice de Preços ao Consumidor), da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), animou os investidores.