Novos anúncios de captações externas, a valorização recorde dos títulos brasileiros no exterior, a forte queda do risco Brasil e a expectativa de uma nova emissão de bônus da República levaram hoje o dólar comercial a registrar a maior queda percentual em quase dois meses. A moeda americana começou dezembro em baixa de 0,71%, a maior desvalorização desde o último dia 6 de outubro (-0,76%). No fim dos negócios, o dólar era vendido por R$ 2,926, o menor valor desde o último dia 24 de novembro (R$ 2,921).

Hoje, o C-Bond foi negociado pela máxima de 97,25% do valor de face, novo recorde. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)