Fabrice Coffrini/AFP

Os jogadores da seleção brasileira fazem nesta terça-feira um trabalho de regeneração muscular, um dia após a vitória de 3-0 sobre o Chile pelas oitavas de final da Copa do Mundo, e apenas três dias antes do jogo contra a Holanda, em um momento em que para o técnico Dunga o mais importante é recuperar todos os atletas.

Além das atividades na academia do Hotel Fairway, concentração do Brasil em Johannesburgo, os jogadores que não começaram a partida contra o Chile também participam de uma atividade no Randpark Golf Club, que fica ao lado do hotel.

Dunga não pôde contar com Felipe Melo e Elano no jogo contra os chilenos, já que os dois ainda se recuperam de lesões. O substituto do camisa 5 nas oitavas, Ramires, que teve boa atuação, está fora das quartas de final por ter recebido o segundo cartão amarelo na Copa.

O médico da seleção, José Luiz Runco, afirmou na segunda-feira que as chances de Elano retornar contra a Holanda são grandes, mas que Felipe Melo tem apenas 40% de possibilidade de jogar a partida das quartas de final.

Assim, uma das principais tarefas da comissão técnica agora é administrar o tempo de recuperação entre as partidas. O Brasil empatou em 0-0 com Portugal na sexta-feira em Durban, derrotou o Chile na segunda em Johannesburgo e viajará na quarta-feira a Port Elizabeth, onde na próxima sexta encara a Holanda.

Dunga afirmou que está preocupado com o descanso e com a recuperação dos jogadores. O treinador disse que é preciso controlar a alimentação dos atletas e o tempo de descanso.

Além disso, destacou que é preciso controlar os treinamentos, já que os jogadores brasileiros gostam de coletivos. Para o treinador, a empolgação deve ser reservada para os jogos.

Mas Dunga deixou claro que o grupo de jogadores da seleção é maduro e tem consciência da importância de uma Copa do Mundo.

O técnico também falou sobre a evolução do Brasil na Copa e o sentimento dele e dos atletas.

¨A satisfação, o prazer do nosso trabalho, trabalho de todos os jogadores. Quando falei no início do comprometimento, as pessoas não entenderam, então aí está o resultado¨, afirmou na segunda-feira.