O gerente de Construção da Linha 4 do Metrô de São Paulo, Marco Antonio Bomcompagno, explicou neste sábado (13) que um recaldo (leve deslizamento de terra) sempre acontece. "Quando se está cavando um túnel, a terra sempre desce um pouco. Isso é normal em uma obra de engenharia", declarou em entrevista coletiva à imprensa. Segundo ele, conforme a velocidade dessa descida, "preocupa-se mais ou menos".

Na quinta-feira, afirmou, houve uma aceleração dessa descida. "Mas todas as providências foram feitas para corrigir um eventual problema em função dessa aceleração. Isso é normal. Muitas vezes ocorreu e nada aconteceu", afirmou. Ele disse, porém, que no dia de ontem não houve tempo suficiente para corrigir o problema. De acordo com Bomcompagno, todos os dias há detonações em uma obra desse porte. Ontem, houve detonação, mas do outro lado do rio Pinheiros, sem reflexo no acidente.