O indicador da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) que mede vendas a prazo caiu 12,5% em fevereiro em relação a janeiro e 1,1% ante fevereiro de 2011. Em 2012, o indicador acumula alta de 0,9%. Houve recuo também no Indicador de Movimento de Cheques (SCPC/Cheque), que mede as vendas à vista. A queda foi de 10,2% em fevereiro ante janeiro e de 2,1% na comparação com fevereiro de 2011. O indicador acumula alta de 2,2% em 2012, até fevereiro.

De acordo com a ACSP, que utiliza dados da empresa Boa Vista Serviços – administradora do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) -, a comparação dos indicadores de fevereiro de 2012 com o mesmo mês do ano passado foi prejudicada por conta do carnaval, que em 2011 ocorreu em março e neste ano, em fevereiro.

Para a entidade, no entanto, os resultados de fevereiro de 2012 eram “esperados”. “Embora os dados de fevereiro estejam prejudicados pelo efeito calendário/base de comparação, as vendas em março deverão apresentar elevação porque o Carnaval de 2011 ocorreu naquele mês”, afirma a ACSP, em nota divulgada hoje.

Inadimplência

O Indicador de Registro de Inadimplentes aumentou 6,5% em fevereiro ante janeiro e teve alta de 11% contra igual período do ano passado. O Indicador de Recuperação de Crédito, que mede os registros cancelados ou renegociados, apresentou alta de 6,8% e de 9,6%, respectivamente, na mesma base de comparação. “A inadimplência sofreu uma leve alta, mas que não chega a preocupar, pois tem um caráter mais sazonal, acompanhando a ligeira alta no desemprego que também tem caráter sazonal.”