Chance de contratação imediata é o que promete o mutirão do emprego que acontece hoje na Agência do Trabalhador Central de Curitiba. São cerca de 700 vagas, todas sem exigência de experiência prévia nas funções, nas áreas de alimentação, serviços, comércio e supermercados. O salário varia de R$ 460 a R$ 680.

Nove empresários farão entrevistas de admissão no local. As funções ofertadas no setor de supermercados, por exemplo, variam de padeiro, operador de caixa, repositor, balconista, embalador, fiscal de loja, açougueiro, auxiliar de padaria e servente de limpeza até motoboys e atendentes de posto de gasolina.

Quem já concluiu o ensino fundamental também pode tentar uma das vagas para atendente de lanchonete. No comércio, a busca é por vendedores. Os candidatos com carteira de motorista tipo B e com curso de operador de empilhadeira podem tentar uma das vagas para operador de logística e de empilhadeira.

De acordo com a gerente da Agência do Trabalhador de Curitiba, Elaine Ribeiro, existe grande possibilidade de preencher quase que a totalidade dessas vagas. “Os empregadores flexibilizaram o perfil do trabalhador e estão dispostos a dar treinamento.

É uma ótima oportunidade para quem está buscando primeiro emprego, mudando o ramo de atividade ou está há muito tempo afastado e agora retorna para o mercado de trabalho”, afirma.

Ao contrário dos mutirões do emprego realizados em 2008, o mutirão de hoje abrange mais de uma área e faz parte do movimento “Crise se combate com emprego” lançado pela Secretaria de Estado do Trabalho, Emprego e Promoção Social (SETP).

Segundo o secretário da SETP, Nelson Garcia, o mutirão integra a estratégia do governo estadual para minimizar os efeitos da crise financeira mundial no Paraná. “Não podemos ficar parados esperando a turbulência passar.

O Paraná tem adotado uma série de medidas neste sentido, acenando com a possibilidade de dar benefícios fiscais às empresas que contratem e mantenham empregos formais”, diz.

Para o secretário, o movimento quer mostrar que existe emprego e que nem todos os setores foram atingidos pela crise, precisando de contratação com urgência.

Serviço

A Agência do Trabalhador fica na Rua Pedro Ivo, 744, no centro. O horário de atendimento é das 7h30 às 16h30. Além das vagas disponíveis para o mutirão, continuam sendo ofertadas as outras 2,3 mil oportunidades disponíveis, principalmente no setor de construção civil, seguindo o funcionamento normal da agência.

Se você tiver sugestões ou críticas escreva para emprego@oestadodoparana.com.br.