Pelo menos 190 agências da Caixa Econômica Federal estão abertas neste sábado (10) até às 15h, para atendimentos exclusivos sobre o saque das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Nesta fase da liberação do dinheiro, os trabalhadores nascidos nos meses de setembro, outubro e novembro podem resgatar os recursos das contas inativas.

O atendimento deste sábado, em regime de plantão, vai funcionar para que as pessoas confirmem se têm algum saldo disponível e, em caso positivo, já faça o saque. Os funcionários da Caixa também estão disponíveis para solucionar dúvidas e providências como emissão da senha do Cartão do Cidadão.

Somente em Curitiba e Região Metropolitana, 69 agências vão funcionar em horário diferente. Para descobrir se a agência mais próxima está aberta neste sábado, o trabalhador pode fazer consulta no site da Caixa.

e19daea2-c650-426c-8f06-f0343cfe1d6e

Antecipando

O saque para os nascidos nestes três meses estava programado para os dias 16 e 17, mas foi antecipado em uma semana por conta do feriado de Corpus Christi. Com o lote liberado, são esperados mais de 606 mil trabalhadores, que vão retirar valores que ultrapassam os R$ 790 milhões.

Até agora, desde o começo da ação para a retirada do FGTS das contas inativas, já foram sacados mais de dois bilhões de reais. Conforme a Caixa, os números do Paraná ultrapassam os de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Ao todo, 1,3 milhão de trabalhadores já sacou o dinheiro que tinha guardado.

Como funciona

Pode fazer o saque quem teve contratos de trabalho encerrados até 31 de dezembro de 2015. Quem for até as agências, é importante levar um documento de identificação, o cartão cidadão e a carteira de trabalho. Em alguns casos, é necessário alguma comprovação de rescisão do contrato.

Os trabalhadores com o Cartão do Cidadão e direito a receber até R$ 3 mil podem ter acesso aos valores também por meio de lotéricas, caixas eletrônicos e correspondentes Caixa Aqui. No mês que vem vai ser a vez dos nascidos em dezembro. Independentemente das próximas datas e dos lotes anteriores, a data-limite para saque de todos os trabalhadores é 31 de julho, de acordo com a Caixa.

Foto: Gerson Klaina.
Foto: Gerson Klaina.