O ministro de Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäuble, alertou que o país poderá não conseguir atingir a previsão de crescimento para 2014 em meio às crises da Ucrânia e do Oriente Médio, segundo um parlamentar sênior da coalizão governista.

Schäuble fez o comentário durante reunião a portas fechadas do grupo dos partidos conservadores, afirmou o líder parlamentar Volker Kauder.

De acordo com Kauder, Schäuble disse que a previsão de crescer 1,8% este ano pode não se concretizar. O governo, porém, vai manter o plano orçamentário que prevê o fim da emissão de dívida nova a partir de 2015, acrescentou Kauder.

Nesta semana, Schäuble e a chanceler alemã, Angela Merkel, já haviam alertado que a economia da Alemanha será atingida pelas crises globais e sanções impostas à Rússia. Alguns economistas preveem que o governo poderá reduzir sua projeção de crescimento durante o outono europeu. Fonte: Dow Jones Newswires.