A Companhia de Bebidas das Américas (ABV), ou AmBev, vai encerrar suas operações na Venezuela depois de uma queda prolongada nas vendas, afirmou a empresa nesta quarta-feira.

A divisão Brahma da AmBev da Venezuela disse que sua participação no mercado caiu para 0,9%, de 9%, ao longo de sete anos, tornando-se “inviável” continuar as operações e impedindo-a de fazer os investimentos necessários em suas instalações.

A empresa começou a encerrar suas operações na segunda-feira.

A representante de contabilidade Maira Mejias disse a um jornal local que a falta de fundos necessários “afetou a condição das instalações, máquinas e equipamentos, criando condições de risco para a saúde e higiene dos trabalhadores da fábrica”.

AmBev, uma das maiores empresas da região, iniciou as suas operações na Venezuela em 1994. Ela opera em 16 países da América Latina e do Caribe, assim como no Canadá. As informações são da Dow Jones.