São Paulo

– A American Soybean Association (ASA) entidade que representa os produtores de soja nos EUA, está pressionando Washington a tomar medidas comerciais contra o Brasil. A ASA acusa os agricultores do sul do Brasil de plantar soja transgênica sem pagar os royalties à Monsanto. Com base nisso, a entidade quer que o governo americano processe o Brasil por violação dos direitos de propriedade intelectual da multinacional. O site da internet da Associação tem ataques frontais aos produtores brasileiros. Na abertura do texto “ASA combate a pirataria de sementes no Brasil” foi colocada uma charge que representa um produtor brasileiro vestido de pirata, carregando um saco de sementes transgênicas “Roundup Ready” para um navio bucaneiro. O plantio de transgênicos é ilegal no Brasil, mas a ASA afirma que pelo menos 70% da produção semeada no Rio Grande do Sul em 2002 é de soja transgênica.