O Indicador de Atividade do Comércio, apurado pela Serasa Experian, mostra que o movimento nas lojas em todo o País diminuiu 0,5% em fevereiro, na comparação com janeiro, descontados os efeitos sazonais. Na comparação com fevereiro de 2012, foi registrada alta de 14,4%.

Para os economistas da Serasa Experian, a queda mensal da atividade varejista no mês passado “foi determinada pelo fim das promoções das unidades em estoque com o IPI antigo, que haviam sido realizadas em janeiro pelo segmento automotivo”. A instituição aponta que, após alta de 10,9% em janeiro, o movimento de consumidores nas lojas especializadas de veículos, motos e peças recuou 2,1% em fevereiro.

A queda de 1,6% no movimento das lojas de material de construção também contribuiu para o resultado negativo do segundo mês do ano. Assim como as quedas de 0,3% e de 0,1% nos segmentos de móveis, eletroeletrônicos e informática e de combustíveis e lubrificantes, respectivamente.

No movimento contrário, a atividade varejista de supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas subiu 0,9% em fevereiro e o segmento de tecidos, vestuário, calçados e acessórios apresentou variação positiva (0,7%), na comparação com janeiro.