O Secretário do Tesouro da Austrália, Martin Parkinson, está apoiando o plano do governo em elevar o teto da dívida para 500 bilhões de dólares australianos. Para ele, esse seria um passo prudente, já que a dívida deve atingir um pico significativamente acima da projeção de 370 bilhões de dólares australianos.

Parkinson afirmou que desde as projeções econômicas e fiscais feitas antes das eleições, o cenário para investimentos em recursos naturais piorou, apesar do cenário excluindo o setor de mineração ter se fortalecido ligeiramente.

Isso sugere receitas e um Produto Interno Bruto (PIB) nominal menores. E, do jeito que o cenário está, o PIB nominal futuro também deverá ser mais fraco, o que aumentará a dívida do governo, disse o Secretário do Tesouro a um comitê do Senado. Fonte: Market News International.