A queda de 1,8% na produção industrial em novembro ante outubro foi puxada pelo segmento de veículos automotores (com recuo de 3,9%, na mesma base de comparação), segundo o IBGE.

Além disso, técnicos do instituto lembram que "cabe ressaltar que a taxa de -1,8% sofreu a influência de elevada base de comparação, já que outubro mostrou acréscimo de 3,3% ante setembro, combinada com o menor número de dias úteis em novembro de 2007".

Os técnicos observaram ainda que os dados de bens de capital (aumento de 1,2% ante outubro e de 24,3% ante novembro de 2006) "sinalizam a sustentação do quadro positivo para os investimentos".