A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 1,87 bilhão nas duas primeiras semanas de julho, resultado de exportações de US$ 6,90 bilhões e importações de US$ 5,03 bilhões. Segundo os dados divulgados na manhã desta segunda-feira (11) pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), as vendas externas, pela média diária (US$ 1,15 bilhão) tiveram alta de 43,3% em relação à média diária de julho de 2010. As importações, por outro lado, mostraram um crescimento de 13% no período, pelo critério da média diária (US$ 839 milhões).

Como a primeira semana de julho teve apenas um dia útil, o MDIC divulgou os dados apenas nesta segunda. As exportações somaram US$ 1,28 bilhão e as importações, US$ 892 milhões, com superávit de US$ 392 milhões. Na segunda semana, com cinco dias úteis, as vendas externas totalizaram US$ 5,62 bilhões e as compras externas, US$ 4,14 bilhões. O saldo foi positivo para o Brasil em US$ 1,47 bilhão na semana passada.

No acumulado de 2011, a balança comercial registra um superávit de US$ 14,8 bilhões, com exportações de US$ 125,2 bilhões e importações, de US$ 110,3 bilhões. O saldo comercial deste ano, pela média diária (US$ 114,1 milhões) representa um aumento de 68% em relação ao mesmo período do ano passado. As exportações, pelo mesmo critério, crescem 32% e as importações, 28,3%.