A balança comercial brasileira fechou janeiro com déficit de US$ 1,291 bilhão. O resultado decorre de exportações de US$ 16,142 bilhões e importações de US$ 17,433 bilhões.

Levantamento realizado pelo AE Projeções com 23 instituições mostrou que as previsões dos analistas eram de um resultado negativo de US$ 1,800 bilhão a um superávit modesto, de US$ 200 milhões. Com base na análise descritiva do intervalo coletado, a mediana calculada atingiu déficit de US$ 1,600 bilhão.

Na comparação com janeiro do ano passado, as exportações no mês cresceram 1,3% pelo critério da média diária. Na mesma comparação, as importações aumentaram 12,3%.

Na quarta semana do mês, entre os dias 23 e 29, o saldo foi positivo em US$ 146 milhões. No período, as exportações somaram US$ 4,037 bilhões e as importações, US$ 3,891 bilhões. Já na quinta semana, dias 30 e 31, houve déficit de US$ 164 milhões. Nos dois dias, os embarques totalizaram US$ 1,565 bilhão e as compras somaram US$ 1,729 bilhão. Os dados foram divulgados há pouco pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).