O Brasil registrou superávit comercial de US$ 1,715 bilhão em fevereiro, conforme informou hoje o Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior (MDIC). De acordo com o ministério, este é o maior resultado mensal desde fevereiro de 2009, quando a balança registrou superávit de US$ 1,8 bilhão. O resultado do mês passado é fruto de exportações de US$ 18,028 bilhões e importações de US$ 16,313 bilhões. Nos dois casos, os resultados são recordes para o mês.

Em relação às vendas externas houve crescimento de 13,4% no mês passado ante fevereiro de 2011, quando o superávit ficou em US$ 16,7 bilhões.

Em relação às compras externas, o aumento foi de 10,5% na mesma base de comparação, já que em fevereiro do ano passado as importações somaram US$ 15,5 bilhões. Tanto nas exportações como nas importações, a taxa de crescimento foi a menor dos últimos três anos na comparação com o mesmo mês do ano anterior.

Em janeiro deste ano, a balança registrou déficit de US$ 1,291 bilhão, o que levou o primeiro bimestre de 2012 a registrar um saldo comercial positivo de US$ 423 milhões. No acumulado de janeiro e fevereiro deste ano as exportações somaram US$ 34,169 bilhões e as importações totalizaram US$ 33,746 bilhões no período.