O Banco Central do Chile informou nesta quinta-feira que manteve inalterada a sua taxa básica anual de juros em 3,0%. Segundo a instituição, a decisão ocorre apesar dos mercados de câmbio, de ações e de commodities em todo o planeta estarem enfrentando alta volatilidade.

O BC chileno disse que vê fraqueza na atividade e na demanda, o que fez a instituição reduzir recentemente a projeção de crescimento para 2015 e 2016.

O banco notou que a variação anual do índice de preços ao consumidor segue por volta de 4% e que deve permanecer neste patamar mais tempo do que o previsto. A instituição informou ainda que vai “conduzir a política monetária com flexibilidade, de maneira que a inflação projetada alcance 3% no horizonte de sua política”.