O Banco Central Europeu (BCE) manteve sua taxa de juros de referência em 1,00% ao ano, com era esperado pelos economistas. O presidente do BCE, Jean-Claude Trichet, vai comentar ainda na manhã de hoje a decisão. Trichet deve apresentar uma nova série de previsões macroeconômicas, que provavelmente vão incluir uma avaliação mais positiva das perspectivas de crescimento neste ano.

Em junho, o BCE e os bancos centrais dos 16 países que utilizam o euro como moeda estimaram que o crescimento anual real ficará em torno de 1% neste ano e de 1,2% em 2011. Em meio ao cenário de problemas de refinanciamento para alguns bancos da zona do euro, observadores esperam que Trichet anuncie uma ampliação da política de distribuição de recursos. As informações são da Dow Jones.