O Banco Nacional da Hungria cortou a taxa básica de juros de 3,00% para 2,85%, uma nova mínima histórica, em um esforço para impulsionar a recuperação econômica e estimular um aumento dos preços – movimento que pode gerar mais enfraquecimento da moeda local, o florim. Esse foi o 18º corte nos juros desde agosto de 2012, quando a taxa estava em 7,0%.

Quatorze dos 19 economistas consultados pela Dow Jones Newswires previam um corte de 0,10 ponto porcentual na taxa básica de juros, menor do que o corte de 0,15 ponto porcentual anunciado pelo banco central. Fonte: Dow Jones Newswires.