O Banco Central da Rússia cortou sua taxa básica de juros em 0,50 ponto porcentual, a 11%, na reunião de política monetária de hoje. A redução, a quinta anunciada este ano, veio em linha com a expectativa dos analistas.

Embora acumule um corte total de seis pontos porcentuais em 2015, a taxa básica permanece acima do nível de 10,5% em que estava no começo de dezembro do ano passado, quando o BC russo anunciou um aumento emergencial, a 17%, numa tentativa de conter a tendência de forte desvalorização do rublo.

Hoje, o BC russo também reduziu a taxa de depósito e a taxa de recompra em 0,50 ponto, a 10% e 12%, respectivamente.

Em comunicado, o BC atribuiu à redução nos juros a sinais de que a economia russa terá desaceleração significativa, “apesar de um pequeno aumento nos riscos de inflação”. Pelos cálculos da instituição, a inflação anual vai cair para menos de 7% em julho de 2016 e apenas atingir sua meta de 4% em 2017.

O rublo manteve a desvalorização que mostrava antes do anúncio do BC russo. Às 8h20 (de Brasília), o dólar avançava a 61,11 rublos, de 59,76 rublos no fim da tarde de ontem. Fonte: Dow Jones Newswires.