O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, autorizou em portaria publicada hoje no Diário Oficial da União a realização de um concurso público para que sejam preenchidos 350 cargos de analista e 150 de técnico no Banco Central (BC). Os cargos de analista, de nível superior, e de técnico, de nível médio, enquadram-se na carreira de especialista do BC.

A portaria de hoje faz a ressalva de que o provimento dos cargos previstos no concurso “dependerá de prévia autorização do Ministério do Planejamento” e está “condicionada à declaração do respectivo ordenador de despesa sobre a adequação orçamentária e financeira da nova despesa com a Lei Orçamentária Anual e sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias, demonstrando a origem dos recursos a serem utilizados.”