O fluxo cambial do Brasil em maio, até o último dia 13, foi positivo em US$ 8,80 bilhões, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira (18) pelo Banco Central (BC). O fluxo comercial foi positivo em US$ 4,25 bilhões, resultado de exportações de US$ 11,0 bilhões e importações de US$ 6,83 bilhões. O fluxo financeiro também foi positivo no período, em US$ 4,55 bilhões, resultado de ingressos de US$ 17,3 bilhões e saídas de US$ 12,7 bilhões.

Nos dez primeiros dias úteis de maio de 2010, o fluxo cambial havia sido positivo em US$ 2,73 bilhões, com o segmento comercial apresentando saldo positivo de US$ 1,95 bilhão e o financeiro saldo também positivo de US$ 781 milhões.

Apenas na semana passada o fluxo cambial ficou positivo em US$ 5,21 bilhões, em função de um fluxo comercial positivo de US$ 1,41 bilhão e de um ingresso líquido no segmento financeiro de US$ 3,79 bilhões. O resultado financeiro superou o verificado na primeira semana do mês, de apenas US$ 761 milhões.

Com o resultado nas duas primeiras semanas de maio, o fluxo cambial acumula no ano entrada líquida de US$ 45,9 bilhões. Em igual período do ano passado, o fluxo era positivo em US$ 7,77 bilhões.

O fluxo comercial em 2011 acumula saldo positivo de US$ 11,8 bilhões, resultado de exportações de US$ 80,4 bilhões e importações de US$ 68,6 bilhões. O fluxo financeiro tem no ano saldo positivo de US$ 34,1 bilhões, resultado de entradas de US$ 164,9 bilhões e saídas de US$ 130,8 bilhões.