O Banco Central Europeu (BCE) decidiu hoje manter suas taxas de juros inalteradas após reunião de política monetária, conforme previsto por analistas, e reiterou planos de reduzir o volume de compras de seu programa de relaxamento quantitativo (QE, na sigla em inglês) a partir de abril.

A principal taxa do BCE, a de refinanciamento, utilizada em empréstimos regulares, permaneceu na mínima histórica de 0%, enquanto a taxa de depósitos ficou inalterada em -0,4%, o que significa que os bancos comerciais continuarão pagando para deixar recursos depositados no BCE.

Quanto ao QE, o BCE repetiu que continuará comprando 80 bilhões de euros em ativos mensalmente até o fim de março, como já havia anunciado em dezembro. Entre abril e dezembro, as compras mensais serão reduzidas para 60 bilhões de euros.

Em comunicado, o BCE também reiterou que espera manter as taxas de juros nos níveis atuais ou em patamares menores por um período prolongado.

A partir das 11h30 (de Brasília), o presidente do BCE, Mario Draghi, fala em coletiva para comentar a decisão de hoje. Fonte: Dow Jones Newswires.