Ao contrário da reação negativa registrada na Ásia e na Europa, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) abriu as negociações de hoje (5) em alta após o anúncio de que os Estados Unidos ampliaram a oferta de vagas no mercado de trabalho. Às 10h32, o Ibovespa estava em alta de 1,64% com 53.679 pontos. No fim da manhã, às 11h01, o movimento já havia revertido para uma queda de 1,69% com 51.920 pontos.

Na análise do professor de mercado financeiro da Trevisan Escola de Negócios Alcides Leite, esse movimento é natural depois de períodos de baixa, como forma de um ajuste do mercado. Ele, no entanto, alertou que a instabilidade sobre os rumos da economia mundial continua e deverá se refletir na compra e venda de papéis mundo afora, incluindo as negociações no Brasil.

“Não há uma expectativa tão grande de uma recuperação e essa alta (do início das negociações de hoje) não deve se sustentar nos próximos dias”, prevê.

No acumulado do ano, o Ibovespa acumula recuo de 23,80% e, só neste mês, a queda é 10,22%.

Ontem, houve queda de 5,72%, o mais baixo percentual desde 21 de novembro de 2008, em pleno período da crise financeira internacional.