O movimento positivo alta verificado desde a abertura no pregão da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) mantém-se, em reflexo à apreciação no preço do petróleo em Nova York. A commodity atingiu novo recorde de alta, a US$ 80,00 o barril, com valorização de 2,26%.

A Bolsa paulista voltou ao nível dos 54 mil pontos, com as ações da Petrobras subindo acima de 1%. Além disso, os investidores em ações continuam animados pela perspectiva de corte de juros nos Estados Unidos, na terça-feira que vem.

Às 15h04, a Bovespa tinha ganho de 0,74%, aos 54.317 pontos. Os papéis preferenciais da Petrobras tinham alta de 1,88%, enquanto as ações ordinárias (ON) avançavam 1,71%. Outra blue chip (ação de primeira linha) que também operava no azul era Vale do Rio Doce (+1,17% PNA).