O governo trabalha com a hipótese de que o País começará 2010 numa posição “altamente confortável, produzindo bem e vendendo bem”, afirmou hoje o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no programa semanal de rádio “Café com o Presidente”. De acordo com a Agência Brasil, Lula afirmou que o País vive “um momento importante” na economia, mas que é necessária “cautela”, uma vez que a crise econômica internacional ainda continua nos Estados Unidos e na União Europeia (UE).

“Tomamos todas as medidas que tínhamos de tomar para incentivar a economia, facilitar o crédito, incentivar o consumo. O que estamos notando são números expressivos na indústria automobilística, na venda de geladeiras, de máquinas de lavar roupa e de fogões”, afirmou o presidente. Para ele, o comércio nacional está “voltando com força”. Lula disse que, nos últimos cinco meses, o País mostrou aumento na criação de empregos formais. De acordo com o presidente, o fato de o Brasil ter recobrado metade dos postos que perdeu no auge da crise econômica é sinal de que, até o fim deste ano, poderá retomar “tudo o que perdeu”.