O Brasil receberá US$ 10 bilhões da China como parte de um acordo de empréstimo por petróleo assinado no mês passado, informou ontem Zhang Guobao, autoridade do governo chinês no setor de energia. O volume de petróleo bruto que a China Petrochemical Corp., ou Sinopec, receberá em troca ainda está em discussão, disse.

Anteriormente, a Petrobras já havia divulgado a assinatura de um amplo acordo de cooperação estratégica com a Sinopec referente a contratos de oferta de petróleo e exploração em dois blocos em águas profundas.