Santiago do Chile – Depois do Peru, o Brasil foi o principal destino individual de investimentos praticados por empresas chilenas no exterior, com 19% do total registrado em 2007, segundo a Câmara de Comércio de Santiago.

O Peru somou 26% do total, e, depois do Brasil, vieram Argentina e Colômbia.

O total de investimentos chilenos no exterior dobrou no ano de 2007, em relação a 2006, chegando a US$ 4,698 bilhões. A cifra representa o maior volume dos últimos dez anos e o terceiro maior em toda história do Chile, bem próximo dos US$ 4,731 bilhões registrados em 1997.