O  Tesouro Nacional brasileiro recebeu, de janeiro a junho deste ano, US$ 104,1 milhões de royalties da Hidrelétrica Itaipu Binacional. De acordo com  balanço divulgado pela empresa, estes recursos representam um aumento de 11,7% sobre a previsão inicial.

Segundo a diretora financeira executiva da usina, Margaret Groff, a estimativa para 2007 é de que sejam repassados US$ 393,3 milhões ao governo brasileiro e ao governo paraguaio ? 50% para cada país.

Ela acredita que ?como os cálculos são feitos com base nos 75 mil GWh de energia previamente disponibilizada às centrais de distribuição elétrica do Brasil (Eletrobrás) e do Paraguai (Ande), a previsão para 2007 também deve ser superada. Isso porque historicamente a geração anual de Itaipu gira em torno de 90 mil GWh?.

 No ano passado, a geração atingiu 92,6 mil GWh. ?A Itaipu vem aumentando muito a sua produção anual de energia, o que contribui para aumentar sua receita e conseqüentemente o repasse de royalties?, disse.

O valor final dos royalties pagos varia de acordo com a quantidade de geração de energia mensal e a inflação dos Estados Unidos, que reajusta o valor dos royalties.

A diretora explicou que os repasses são proporcionais à geração de energia efetiva da usina. ?Embora as novas turbinas ? inauguradas oficialmente no final de maio ? representem significativo aumento na capacidade instalada ? 1.400 MWh -, elas, inicialmente, representam um ganho de garantia de disponibilidade de potência, além de assegurar a qualidade nos trabalhos de manutenção e modernização das outras 18 turbinas em funcionamento.