O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) está apoiando o programa 1.º Emprego, lançado pelo presidente Luís Inácio Lula da Silva para introduzir jovens com idade entre 16 e 24 anos no mercado de trabalho. Na avaliação dos diretores do BRDE Amadeu Geara e Ricardo Khury, o programa tem objetivos semelhantes aos do banco.

“O espirito do programa 1.º Emprego se amolda perfeitamente às diretrizes da nossa instituição”, analisa Geara. “Isso porque o BRDE fomenta o desenvolvimento e, com isso, busca gerar mais empregos e, em muitos casos, o primeiro contrato de trabalho para os jovens”.

O diretor Ricardo Khury informa que os técnicos do banco já foram instruídos a fornecer informações detalhadas sobre o incentivo às micro e pequenas empresas, com créditos no valor mínimo de R$ 10 mil, com prazo de pagamento de até 60 meses e 12 de carência .

“Esses valores podem ser utilizados para aquisição de terrenos, benfeitorias, máquinas e equipamentos importados e até para capital de giro”, detalha Khury. “O BRDE tem ainda outras linhas de crédito nas mais diferentes áreas de abrangência e o firme propósito de ser um banco social.”