O BTG Pactual e o Bradesco planejam expandir significantemente seus negócios de gestão de ativos na Europa e nos Estados Unidos, segundo informações do “Financial Times”.

De acordo com um reportagem do jornal, o BTG Pactual planeja contratar 20 funcionários de gestão de fundos para seu escritório em Londres em 2014. “O banco, que atualmente tem uma equipe de 150 pessoas em gestão de ativo em Londres, também tem planos de colocar um número semelhante de funcionários no seu escritório em Nova York, e está considerando lançar um fundo de hedge de commodities”, disse o FT.

O Bradesco Asset Management, por sua vez, planeja desenvolver uma estratégia de bônus em moeda forte da América Latina para os investidores internacionais. O banco também está em processo de registrar cinco fundos já disponíveis em Portugal, Espanha, França, Itália e Reino Unido na Suíça.

Segundo Luiz Filho, chefe de desenvolvimento de negócios globais do Bradesco, citado na matéria, a instituição registrará três fundos adicionais no mercado dos EUA, com o objetivo de aumentar os ativos internacionais do Bradesco sob sua gestão de US$ 1 bilhão para mais de US$ 6 bilhões.