Foto: Allan Costa Pinto

Vera Pimentel, Paulo Pimentel e Rogério Florenzano.

Os jornais O Estado do Paraná e Tribuna do Paraná lançam a partir de setembro seu novo caderno imobiliário. A grande novidade é o resgate da coluna imobiliária, que visa a fortalecer as marcas das empresas e oferecer um diferencial ao consumidor que está buscando seu imóvel. Outra grande vantagem é que o anúncio sairá de forma simultânea nos dois jornais, no domingo e segunda-feira.

 Esse lançamento surge através de uma parceria do Grupo Paulo Pimentel com o Sindicato dos Corretores de Imóveis do Paraná (Sindimóveis/PR), que sentia a necessidade de oferecer aos seus clientes uma opção diferenciada. Para o presidente do sindicato, Daniel Fuzetto, a parceria irá beneficiar de forma expressiva o pequeno e médio corretores de imóveis e o imobiliarista. Fuzetto também aposta na força dos dois veículos para o fortalecimento das marcas das imobiliárias junto aos clientes.

E isso está comprovado através de números. Pesquisa da Ipsos Maplan/EGM aponta que das 151 mil pessoas que pretendem comprar um imóvel em Curitiba e região, 60% lêem os jornais O Estado e Tribuna do Paraná. Segundo o diretor comercial dos jornais do grupo GPP, Rogério Florenzano, o resgate da coluna imobiliária era uma reivindicação antiga das empresas do setor, que há mais de dez anos perderam a identidade por serem obrigadas a fazer anúncios de forma homogênea. ?Elas haviam perdido a comunicação visual com os clientes, o que acarretou em um aumento de custo, pois eram obrigados a investir em outras propagandas?, falou.

Para o cliente, ressalta o diretor, esse resgate também é importante, porque facilita a busca pela empresa de forma regionalizada. Além dessas vantagens, os corretores e imobiliaristas terão ainda uma oportunidade a mais de vendas, com descontos e preços especiais nos anúncios.

Anunciando no domingo, a inserção é feita em O Estado e na Tribuna, e a empresa ganha o mesmo espaço na edição de segunda-feira da Tribuna. Anunciando na quinta-feira, a inserção também sai nos dois jornais. E se o anúncio for no sábado, ele irá ocupar o Caderno ClassiFácil na coluna de imóveis dos dois jornais.

?Com isso, aumentam as possibilidades para empresários e consumidores de fazerem bons negócios?, comenta Florezano, que acrescentou: ?Tudo isso será possível com total liberdade, sem contratos de longos prazos atrelados?. Para tornar o caderno imobiliário mais atraente, cada edição trará matérias informativas para o setor e consumidor, agenda de eventos e atualizações.