O déficit comercial da Argentina com o Brasil diminuiu em outubro na comparação com o ano anterior devido ao aumento das exportações, disse o Ministério da Indústria da Argentina.

Em um comunicado divulgado na noite desta terça-feira, o Ministério informou que o déficit do mês passado foi de US$ 463 milhões, comparado com os US$ 479 milhões de outubro do ano passado.

As exportações da Argentina para o Brasil aumentaram 30% em outubro na comparação com o mesmo mês de 2010, para US$ 1,53 bilhão, lideradas por automóveis, autopeças, trigo e plástico, segundo o comunicado. No período de janeiro a outubro, as vendas aumentaram 18,1% frente a 2010, para US$ 13,9 bilhões.

Já as importações argentinas de produtos brasileiros no mês passado aumentaram 21% frente ao ano anterior, para US$ 1,99 bilhão, lideradas por automóveis e autopeças, máquinas, minério de ferro e produtos siderúrgicos. No período de janeiro a outubro, as importações cresceram 28,6%, para US$ 18,9 bilhões. As informações são da Dow Jones. (Danila Rossetto)