A Caixa Econômica Federal vai conceder crédito especial para aposentados e pensionistas do INSS, que recebem ou venham a receber seus benefícios no banco. Com o slogan “Aposentado é alguém cheio de histórias, cheio de vida e, na Caixa, cheio de vantagens”, a iniciativa tem por objetivo atender a dois grupos de beneficiários: os que recebem até dois salários mínimos (R$ 480,00), que serão incluídos no plano de microfinanças da Caixa para a população de baixa renda, a ser lançado ainda neste mês; e aqueles que ganham valor superior, que passam a ter vantagens extras na concessão de crédito, como taxas de juros mais baixas, isenção de tarifas e até bônus em outros produtos.

Para aposentados e pensionistas que recebem até R$ 480,00 de benefícios do INSS, a Caixa vai oferecer um crédito desburocratizado de R$ 200,00, a juros de 2% ao mês, por meio da conta Caixa Aqui. A conta pode ser aberta de maneira simples, sem exigência de comprovante de renda ou depósito mínimo, e será o meio pelo qual a CAIXA irá iniciar, até o final deste mês, o seu programa de microfinanças para a baixa renda. O programa vai contar inicialmente com um volume de R$ 90 milhões para o crédito.

Aqueles que recebem benefícios com valor superior a R$ 480,00 também estão sendo contemplados com vantagens na linha CredSênior. As taxas de juros dessa linha caíram para 3,50% am e, além disso, é possível ter isenção de tarifas por determinado período e bônus na aquisição de um conjunto de produtos escolhidos para atender às necessidades específicas desse público. O CredSênior já concedeu empréstimos para 303 mil aposentados e tem disponíveis cerca de R$ 420 milhões.

A Caixa tem forte presença nesse mercado, com pagamento de benefícios para 2,5 milhões de aposentados, dos quais pouco mais de 2 milhões (80%) recebem até R$ 480,00. As estimativas apontam para um universo na Caixa de mais de 1,4 milhão de aposentados e pensionistas do INSS que poderão abrir uma conta e posteriormente receber um empréstimo da Caixa.
A identificação da Caixa com os aposentados é tão grande que suas agências são consideradas pontos de encontro, especialmente nos primeiros dias do mês, quando ocorre o pagamento do INSS.