O presidente do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), Mark Carney, disse hoje que a decisão de quando começar a elevar o juro básico do Reino Unido deverá ficar mais clara na virada do ano, apesar de reconhecer que os riscos para a economia global se intensificaram.

Em testemunho escrito destinado a parlamentares, Carney disse que o Reino Unido poderá enfrentar um período mais prolongado de inflação baixa nos próximos meses se a desaceleração da China tiver impacto no desempenho da economia mundial. Carney ressaltou, no entanto, que a economia britânica continua robusta e que o crescimento chinês é mais volátil do que os dados oficiais sugerem.

“A perspectiva de ímpeto sustentado na economia do Reino Unido e o fortalecimento gradual de pressões inflacionárias subjacentes provavelmente colocarão a decisão de quando começar o processo gradual de normalização da política monetária numa situação mais confortável na virada deste ano”, afirmou Carney.

No último dia 10, o BoE decidiu manter sua taxa básica de juros na mínima histórica de 0,5%, com o apoio de oito dos nove integrantes de seu comitê de política monetária. Fonte: Dow Jones Newswires.