Washington, 16/11/2013 – A Casa Branca reiterou ontem confiança na escolha de Janet Yellen, feita pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, para liderar o Federal Reserve (Fed, o banco central americano), e pediu que o Senado não atrase a confirmação dela no posto. “Estamos muito confiantes de que Janet Yellen é a candidata certa para o cargo”, afirmou o porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, em pronunciamento. “Sentimos que sua audiência ontem (quinta-feira) foi muito bem.”

Carney pediu para que legisladores não recusem nenhum dos nomeados pelo presidente. O comprometimento de Yellen com a atual política monetária dos EUA mostrado na audiência no Senado agradou Wall Street, embora ela não tenha dado sinais de que pode mudar essa estratégia.

Em suas declarações, Yellen frisou mais de uma vez que a política fiscal não tem contribuído para ajudar na recuperação econômica do país e tem tornado o trabalho do Fed mais difícil. Mesmo injetando US$ 85 bilhões todo mês no mercado financeiro, a nova dirigente avaliou que os benefícios dessa estratégia superam seus custos e que, apesar da melhora substancial do mercado de trabalho até agora, o nível ainda não o suficiente para justificar a retirada dos estímulos.As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.(Reuters)