O Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) aprovou a criação de uma linha de crédito de R$ 200 milhões do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) para financiar a renovação das frotas de táxi no País, informou hoje o ministro do Trabalho, Carlos Lupi. A linha, explicou, permitirá financiamentos de até R$ 60 mil, com prazo máximo de 60 meses e carência de três meses. O financiamento poderá cobrir até 90% do valor do veículo, e a taxa de juros será de 4% ao ano mais a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP).