A economia da Colômbia cresceu, conforme o esperado, no menor ritmo para um primeiro trimestre em quatro anos, segundo dados divulgados nesta quinta-feira pelo governo, na medida em que o setor manufatureiro sofreu forte contração. As indústrias de mineração e petróleo também sofreram dificuldades.

A quarta maior economia da América Latina cresceu 2,8% no primeiro trimestre ante o mesmo período de 2012, segundo a agência de estatísticas do governo, DANE. O crescimento foi cerca de metade do avanço de 5,4% em bases anuais registrado nos primeiros três meses do ano passado.

O resultado foi levemente melhor que o crescimento de 2,6% previsto por analistas e abaixo da previsão do governo de crescimento de 3%. Ante o quarto trimestre de 2012, a economia colombiana cresceu somente 0,3%.

O setor industrial, que foi fortemente atingido no último ano pela alta de 10% do peso colombiano ante o dólar no ano passado, encolheu 4,1% no primeiro trimestre em relação ao trimestre anterior, devido também aos preços menores das commodities e aos problemas trabalhistas em minas do país. Por outro lado, o setor de construção avançou 17% no trimestre passado.

A economia da Colômbia cresceu 4% no ano passado, ante avanço de 6,6% em 2011. O governo e muitos analistas esperam que a economia se recupere no segundo trimestre devido a um plano de estímulos e à volta modesta da confiança do consumidor. Fonte: Dow Jones Newswires.