A alta na cotação do dólar pode resultar em um aumento no preço dos combustíveis nos próximos dias. A moeda norte-americana subiu entre 7% e 8%, acima da banda de 5%, determinada pela Petrobras, segundo o Folha Online. A regra de reajustes da estatal prevê o repasse para os preços quando a alta ultrapassar esse índice nos primeiros 15 dias após o último aumento.

Depois de 30 dias, o repasse poderia ser feito independentemente do índice. Como o último reajuste autorizado pela empresa ocorreu no dia 13 de maio, a Petrobras poderia aumentar o preço sem considerar a variação do dólar.

Um novo reajusta dos combustíveis ainda não aconteceu porque o preço do barril do petróleo no mercado internacional caiu no início da semana passada. (Correio Web)