A CAE (Comissão de Assuntos Econômicos) do Senado aprovou o nome de dois indicados para o cargo de conselheiro do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e de um para o de diretor do BC (Banco Central) hoje.
Foi aprovada por unanimidade a indicação da advogada Ana Frazão e por 20 votos a favor e um contra o do economista Eduardo Pontual para o conselho.

Indicado para a diretoria do Banco Central, o matemático Luiz Edson Feltrin também foi aprovado por unanimidade. Os três indicados agora precisam de aprovação do plenário da casa antes de serem nomeados aos respectivos cargos.

Processo

Durante sabatina na CAE, Ana Frazão foi questionada sobre reportagem do jornal Folha de S.Paulo hoje que mostra que ela é investigada por acumular o cargo de professora da UnB (Universidade de Brasília), que exige dedicação exclusiva, com a advocacia. Ana disse que pediu licença à OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), e que não pode advogar enquanto estiver com seu registro sem funcionamento.