O balanço comercial de 2004 da Companhia Paranaense de Gás (Compagas), concluído neste mês, mostra que a empresa apresentou em 2004 um crescimento em volume de vendas de 18,17%, em relação a 2003. Esse índice coloca a distribuidora paranaense entre aquelas com melhores índices de desempenho do país, superando em crescimento empresas como a Comgás, de São Paulo, que teve um índice próximo de 12%. ?Esse bom índice é resultado dos investimentos constantes em rede de distribuição, ampliando a oferta do gás natural?, explica o diretor presidente da Companhia, Rubico Camargo. Em 2004, foram investidos cerca de R$ 20 milhões em obras no Paraná, mesma média dos últimos cinco anos.

Como resultado dos investimentos, no ano passado o número de clientes aumentou 55%, passando de 101 para 155. No comparativo por setores, o industrial, o residencial e o comercial são os que mais se destacaram. 15 novas indústrias passaram a consumir gás natural em 2004, chegando ao número total de 81. ?Esse aumento comprova a viabilidade econômica e ambiental do gás natural para as indústrias. Além disso, também mostram os bons resultados da política de preços da Compagas, inclusive a ação que estamos mantendo desde o ano passado, de oferecer um desconto que varia de 4,5% a 13% aos clientes industriais que façam os pagamentos em dia?, afirma Rubico.

No setor comercial, 20 novas empresas assinaram contratos com a Compagas, entre elas o primeiro hipermercado da região sul a operar com o gás natural. O maior índice de crescimento em número absoluto de clientes foi no segmento residencial. De 131 residências consumindo o combustível em 2003, a Compagas passou para 620 em dezembro do ano passado.

Futuro

Agora, o ingresso em novos mercados é uma das prioridades da Compagas. Nos próximos dias, a empresa iniciará a ligação dos clientes do Ramal Santa Felicidade, passando a fornecer gás natural aos restaurantes da região. Também já finalizou a política de vendas do Gás Natural Comprimido (GNC), o que vai possibilitar a disponibilização do combustível em regiões que ainda não possuem a rede de gás canalizado, como Campina Grande do Sul e Colombo. ?Para este ano, nosso índice de crescimento em relação a 2004 deve ser ainda maior?, prevê Rubico.

A Compagas atende hoje clientes dos segmentos residencial, comercial, veicular, industrial e de geração de energia em sete municípios do Paraná e vende em média 600 mil m3/dia.

Cidades que utilizam o gás natural da Compagas

Hoje: Curitiba, Araucária, São José dos Pinhais, Campo Largo, Balsa Nova, Palmeira, Ponta Grossa.

Novos mercados: (Gás Natural Comprimido) Região Metropolitana de Curitiba, litoral, Ponta Grossa, Arapoti.